Inicio do Processo - Couro Verde: Processo de Pré-Descarne - Consiste na aparação de patas, cabeças, rabos, etc. O pré-descarne é a retirada da gordura do couro, prepararando-o para o processo de caleiro.


Caleiro: Processo de depilação da pele. Em contato com a cal, os poros do couro se abrem, liberando facilmente todo o pêlo desnecessário ao processo de beneficiamento.


Processo de Descarne: Processo de Descarne e Descarne - Retirada do restante de gordura remanescente do processo de pré-descarne.


Processo de divisão em Tripa - Divisora Mosconi: Esta operação é responsável para calibração do couro antes do curtimento. Atualmente nosso curtimento é 100% Integral


Processo de Curtimento: Após este processo o couro encontra-se no seu primeiro estágio de venda, WET BLUE.


Processo de Classificação: Nesta etapa o couro é separado em seleções e direcionado conforme suas características naturais para artigos como calçados, bolsas, artefatos e estofamento entre outros.


Processo de Classificação - Couro classificados e armazenados em pallets com a mesma seleção.


Divisão em Wet Blue - Divisora Mosconi Super Zenit 3200: Processo no qual o couro integral é dividido ao meio, separando-se a raspa da Flor. A espessura é definida em função do artigo a ser produzido.


Divisão em Wet Blue: Verificamos os Funcionários retirando o couro e a raspa saindo na parte inferior e sendo transportada por uma esteira.


Processo de Rebaixamento - Rebaixadeira Flamar 1800:
Este processo define a espessura final do artigo.


Verificação de espessura: A espessura é medida em décimos de milímetros ou milímetros. Couros tem sua espessura definida em função de sua utilização. Normalmente utiliza-se: calçados 1,0/1,2mm, bolsas e artefatos 1,4/1,6mm, vestuário 0,5/0,7mm, estofamento 0,9/1,1mm


Processo de Secagem - Estira/Enxuga Bauce PRC-4: A secagem normalmente acontece em 03 etapas. Este primeiro processo consiste em abertura por estiramento e secagem por pressão entre feltros.


Processo de Secagem à Vácuo: O segundo processo de secagem é a vácuo onde retiras-se a umidade da pele por temperatura e vácuo.


Processo de Secagem - Secador Aéreo: Ao fundo temos o terceiro processo de secagem denominado secador aéreo onde a secagem é feita a temperatura ambiente garantido melhor toque a pele.


Processo de Amaciar - Amaciadora de couros Cartigliano: Processo de amaciamento por ação mecânica.


Processo de Lixamento e retirada de pó - Lixadeira Flamar 1800: Processo utilizado conforme as características finais necessárias para o artigo.


Processo de Batimento - Fulões de Bater Erretre: Processo de amaciamento para artigos que tem como característica um toque muito macio.


Processo de Togling: Processo para abertura da pele, permitindo um acabamento mais uniforme.


Processo de Pintura e Brilho por Spray: Processo de acabamento no qual o couro adquire a cor e brilho.


Processo de Prensa Rotativa: Utilizada para estampagem e acetinamento da pele.


Processo de Gravação em Mesa: Normalmente utiliza-se este processo para estagem na qual concede ao couro bovino características de textura como couro de cobra, jacaré e avestruz entre outros


Processo de Medição: Neste processo é definida a área do couro através de sistema eletrônico com emissão de código de barras para rastreamento de todo o processo de fabricação


Couro acabado: pronto para ser comercializado, transformado em bolsas, sapatos, artefatos e outros vários artigos em couro. Isso é possível devido à diversidade de etapas da nossa linha de beneficiamento.


Laboratório de Ensaio Fisíco e Químico:  onde realizamos ensaios nos couros como Rasgamento, Elasticidade, Flexão, Ruptura, Adesão de Acabamento, Cifra diferencial, Teor Cromo, banho residual entre outros. E também analisamos nossos insumos químicos.


Couro e Raspa em Wet Blue embalados para comercialização.


 

Voltar

© Copyright Curtidora Itaúna Ltda. Todos os direitos reservados.